domingo, 22 de março de 2009

O Valor das Redes Informais de Comunicação nas Empresas

O post "O aporte das redes organizacionais" no blog da Tree Branding põe uma minhoca em nossas cabeças.

Já imaginei logo a seguinte situação: E se reconstruíssemos a organização de uma empresa com base em suas redes informais de comunicação em vez de mantê-la dividida em departamentos estanques como fazemos tradicionalmente?

Parece muito ousado, né? Eu já tinha escrito um post falando desse lado "dark" das empresas, mas o post da Tree Branding é muito mais instigante.

O post diz que o mapeamento dessas redes informais poderá desvendar as dimensões chaves da comunicação organizacional dentro da empresa. Vão aparecer redes de:
COOPERAÇÃO - quem troca informação com quem;
CONFIANÇA - quem pede conselhos a quem;
INOVAÇÃO - como é fluxo de troca de novas ideias;
MOTIVAÇÃO - quem são os colaboradores que estimulam e motivam.

Depois fala em identificarmos o perfil desses colaboradores dentro dessas redes informais. Vão surgir os "expert brokers", os gargalos, os periféricos sub-utilizados e outros.

Enfim, achei esse post o máximo e viajei nos conceitos.

Como já escrevi várias vezes nesse blog, na IBM, onde eu trabalho, nós temos liberdade absoluta na criação e uso de blogs, wikis e redes sociais, internas e externas. Esse ambiente interno da IBM ajuda a identificarmos algumas redes informais de comunicação pois muitas delas florescem nos blogs e wikis internos. Eu tentei aplicar os conceitos descritos pela Tree Branding em algumas redes informais que acredito existirem na IBM Brasil e tenho que confessar que os conceitos funcionam sim. Isso tudo está me inspirando a pensar numa nova abordagem estratégica dentro do meu trabalho. Como gestor de comunicação da IBM Brasil, eu vivo o desafio constante de tentar gerir esse mundo virtual, alavacando o capital intectual, motivando pessoas e gerando valor para os objetivos empresariais.

Já estou pensando em analisar algumas das redes informais internas de comunicação, entender sua dimensão e mapear os perfis dos principais participantes e líderes. Saber entender o perfil de cada um vai me ajudar a descobrir quem são os reais líderes, os reverberadores, os motivadores, os "expert brokers" (adorei isso!!), etc. Com esse mapa na mão eu terei a capacidade de identificar aqueles que poderão se integrar na nossa máquina de comunicação interna, se tornando agentes influenciadores e até líderes na transmissão das principais mensagens da empresa. Enfim, já estou cheio de ideias.

Não deixe de ler o post no blog da Tree Branding. Aliás, vale muuuito a pena navegar por todo blog, tem muita coisa interessante.

Digite seu email

Um serviço do FeedBurner

5 comentários:

Ignacio garcía disse...

Caro Mauro,

Muito obrigado por mencionar o enfoque de redes organizacionais que abordamos na Tree Branding. Legal que existam convergências com suas idéias e práticas. O seu post “As comunidades que as empresas desconhecem - O lado Dark” nos remete a um conceito importante das redes informais que é a identificação e desenvolvimento das Comunidades de Prática (CoP), fundamentais para aprimorar outro onceito importante que é o Capital Social Corporativo. A IBM sempre foi uma referencia para a aplicação de novos enfoques e tecnologias colaborativas e, com certeza, uma abordagem de Análise de Redes Organizacionais daria bons frutos!

Mas uma vez obrigado e ficamos à disposição para colaborações futuras.

Um abraço,

Ignacio

Anônimo disse...

Mauro, esse blog é muito bom.
Um abraço.

Arno.

Mauro Segura disse...

Ignacio. Eu é que agradeço a sua visita aqui no blog. Os conceitos que vocês apresentam na Tree Branding emolduram uma realidade que as grandes empresas estão enfrentando atualmente, porém, o principal desafio é que poucas delas estão realmente enxergando essa revolução que está acontecendo. Parabéns, continuarei aprendendo no blog da Tree Branding. Abraço. Mauro.

Mauro Segura disse...

Arno. Obrigado pelo elogio ao blog. Desenvolver e escrever os posts tem sido um desafio prá mim, especialmente por conta do tempo. Normalmente faço isso nas madrugadas e nos finais de semana, mas tenho que confessar que faço com enorme prazer. Virei um verdadeiro blogólatra. Navego por dezenas de blogs ao longo da semana e aprendo muito. Por isso me sinto obrigado a compartilhar um pouco das minhas percepções e experiências que vivo no dia a dia. Um abraço e obrigado por prestigiar meu blog com sua visita e comentário. Mauro.

Ignacio Garcia disse...

Caro Mauro, tudo bem? Este não é um comentário, mas uma forma de entrar em contato com vc e informá-lo que estamos abrindo escritório em SP e já estamos morando na cidade.
Gostaríamos muito de ter a oportunidade de conversar com você sobre as potencialidades da Análise de Redes Organizacionais e saber mais das suas experiências com as ferramentas colaborativas que vc menciona no blog. Informo meus contatos: ignacio@treebranding.com, celular: 11 9638-8877 e 11 2614-3402. Agradeço sua atenção e estamos à disposição.
Um abraço, Ignacio.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...