quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Lições de um blogueiro: o que aprendi em 6 anos blogando


O blog A Quinta Onda completou seis anos. Eu ia deixar passar em branco, mas o post "Reputação Digital e seu blog, uma relação de longo prazo", publicado pelo Flavio no Explora! , me motivou a escrever algo. As lições que ele cita são muito pertinentes.

Vários colegas me perguntam porque eu continuo blogando até hoje. A verdade é
que eu não blogo para os outros, eu blogo para mim. A obrigação de blogar me empurra para frente, me faz estudar e refletir, estimula a minha capacidade de olhar as coisas por diversos ângulos e me pressiona a desenvolver uma melhor capacidade de argumentação, especialmente na escrita. Como bônus, eu desenvolvo relacionamentos na web, crio identidade própria e reputação digital, compartilho conhecimento e ganho relevância.

Eu já escrevi sobre o início do meu blog, mas não me lembro de ter escrito sobre o que aprendi com ele. O post do Flavio, mais uma vez, me estimulou a refletir sobre isso. Eis algumas coisas que aprendi.

  • Estabeleça uma regularidade para escrever. Criar o compromisso consigo mesmo é fundamental.
  • Evite ser apenas factual. O maior valor para as pessoas é saber a sua opinião pessoal e os seus pontos de vista sobre qualquer assunto.
  • Conte histórias, de preferência, pessoais.
  • Compartilhe conhecimento. Se você aprendeu algo de valor e que acredita ser importante para as pessoas, então compartilhe. Conteúdo de valor será sempre bem recebido por todos.
  • Pense bem antes de postar. A web é cruel. Uma vez postado, você nunca mais apaga. Você pode até deletar depois, mas a chance de alguém ter lido, copiado ou propagado algo é sempre significativa. Portanto, pense no que publica. Aprendi que publicar por impulso, especialmente se o assunto for polêmico, pode ser bem ruim. Eu já me arrependi várias vezes de coisas que publiquei, de comentários que fiz e de posições que assumi. Hoje, na maioria das vezes, escrevo algo num dia, mas somente publico no dia seguinte.
  • Recheie seu texto com links e referências. Compartilhe as suas fontes, esta é a essência das redes sociais.
  • Agregue fotos, vídeos e outros recursos. Isso enriquece o conteúdo, dá mais leveza e brilho, além de estimular a leitura.
  • Dê atenção aos comentários que recebe no blog. Converse com seus leitores, aceitando bem as críticas, sugestões ou diversidade de opiniões. Isto faz parte do jogo de blogar.
  • Acompanhe a evolução do número de seguidores e comentários, mas não sofra por isso. O acompanhamento vai ajudar você a entender o que as pessoas mais gostam e valorizam.
  • Esqueça a eterna preocupação com a qualidade do texto. Você não precisa ser um acadêmico ou perfeccionista. A escrita vai evoluir com o tempo. Use o corretor ortográfico e siga em frente. O que importa é o conteúdo.
  • Evite copiar texto dos outros. Muitas vezes, ao elaborarmos um texto, sentimos uma enorme vontade de copiar um trecho escrito por alguém para reforçar um ponto ou outro. Se achar que isso é necessário e inevitável, não tem problema, copie e cite a fonte. Só não faça isso o tempo todo.
  • Não fique acanhado de divulgar os seus posts. Use as redes sociais para isso. Fale com amigos mais chegados para repercutir os seus posts se eles gostarem. Parece óbvio, mas conheço pessoas que ficam acanhadas de divulgar o que escrevem ou pedir apoio.
  • Siga outros blogueiros. Aprendi muito com outros bons blogueiros, além de serem boas referências, alguns se tornaram bons amigos virtuais.
Enfim, estes são aprendizados que fui adquirindo ao longo do tempo. Muitos são óbvios, mas adotei-os como uma cartilha e, hoje, me considero um bom blogueiro. Não é por acaso que, além do meu próprio blog, também sou blogueiro no Meio&Mensagem e no Brasil Post, dois veículos respeitados e de grande alcance.


Enter your email address:


Delivered by FeedBurner

9 comentários:

Mari disse...

Mauro, acompanho seus blogs há muito tempo. Em algumas épocas com mais intensidade, em outras, dou uma falhada ... pela correria, por ter outras coisas na cabeça ou por relapso mesmo de não investir tempo em crescer... enfim, nesses anos todos deve ter percebido que o leitor também "tem suas fases" né? rs mas quero te dar os parabéns pois 6 anos são 6 ANOS. É muito tempo doando seu conhecimento e experiência para os outros... pra mim isso é muito nobre. Sempre quis fazer um blog mas dizia pra mim mesma que iria escrever quando achasse um assunto que realmente gostasse e me motivasse... acho que já estava colocando em prática uma das regras que comentou "escreva para você mesmo e não para os outros". Ultimamente essa vontade tem se intensificado e mudanças na minha vida tem ajudado pra isso. Acho que em breve nascerá uma nova blogueira... e vou usar esse seu post como inspiração! Abraços e parabéns!

Paulo Afonso Teixeira disse...

Estou no caminho certo. Excelentes dicas. Parabéns!

Mauro Segura disse...

Valeu, Mari. Você sempre carinhosa comigo. Vou ficar esperando o seu blog :)

Mauro Segura disse...

Valeu Timoneiro. Você é um tremendo produtor de conteúdo!!!! E nem precisa destas dicas pois você é um velho e generoso compartilhador de conhecimento. Abcs.

Dennis Altermann disse...

Ótimo! Vejo um blog da mesma forma que você, uma maneira de continuar buscando mais informações e referências.

Mateus Rosa disse...

Concordo plenamente com as suas palavras ótimas dicas. Grande abraço

Fê Gonçalves disse...

Sigo todas essas lições diariamente e, por incrível que pareça, dá resultado. Aos poucos, no dia a dia, com trabalho de formiguinha, mas dá! Adorei as dicas, sou totalmente a favor de conteúdo relevante e de uma blogosfera mais amiga. Feliz #blogday!

Mauro Segura disse...

Obrigado pelo carinho, Fê.

Ben Oliveira disse...

Olá, Mauro!
Gostei de suas dicas.
Conhecendo agora o seu blog. É sempre bom aprender com outros blogueiros.
Obrigado por compartilhar sua experiência.
Abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...