segunda-feira, 9 de maio de 2011

Raul, o que é um bilogue?

O presidente chamou a secretária e perguntou: - O que é um bilogue?

A secretária olhou para ele e respondeu: - Eu não sei dizer direito o que é não. É alguma coisa da internet que o pessoal escreve. É melhor chamar o Raul.

O presidente mandou chamar o Raul, gerente de comunicação da empresa.

- Raul, o que é um bilogue?

Raul respondeu:
- É uma espécie de site na internet, onde alguém escreve e as pessoas lêem, comentam etc. E não é bilogue, é blogue.

O presidente disse:
- Sei... e o que você acha disso?

- Acho bem legal.

- Só isso? É fácil fazer um??

Raul reagiu:
- Aí, eu não sei. Eu não sou de TI, mas tenho alguém no meu grupo que cuida disso. Vou chamar o Rodriguinho.

- Rodriguinho? Quem é o Rodriguinho?

- O estagiário. Ele sabe dessas coisas.

- Então, chama esse tal Rodriguinho.

Cinco minutos depois, chega o "rapazinho", de vinte e poucos anos de idade, cabelo espetado, camisa amarrotada, sorriso farto.

Raul recebeu o garoto exclamando:
- Rodrigo, quero te apresentar o presidente da empresa.

Rodrigo esticou a mão e deu um vigoroso aperto de mãos no presidente.

Raul continuou:
- O presidente me perguntou se é fácil fazer um blogue.

O estagiário respondeu:
- É muito fácil. Com um provedor da internet, dá pra fazer um um blog em cinco minutos. E um blog legal, com layout manêro, imagem e tudo. E o próprio provedor pode "hostear" o blog. Vale a pena. É muito fácil.

O presidente olhou com "cara de conteúdo". Pelo visto, não tinha entendido bem. E, para não perder a conversa, perguntou:
- Você acha legal a empresa ter um bilogue?

Rodrigo se motivou:
- É muito legal. As pessoas podem se falar, trocar ideias, a qualquer hora do dia ou da noite, e você pode falar também com pessoas que nem conhece, até fora do país. Tem blog por aí com milhares de pessoas participando.

O presidente olhou para o Raul e afirmou:
- A nossa empresa precisa ter um bilogue.

Raul, o gerente de comunicação, dando de ombros, respondeu ao presidente:
- Mas a gente já tem um...

Claro que a história acima é somente uma parábola. Mas ela ilustra os seguintes fatos que ocorrem na maioria das empresas:

1. A maioria dos executivos negligencia o uso das mídias sociais e não veem relevância nisso. Mas essa mentalidade está mudando. Eles estão começando a perguntar aos "Rodriguinhos" a respeito.

2. Esses mesmos executivos não sabem ou pouco participam das iniciativas de mídias sociais que estão sendo implementadas nas empresas que lideram.

3. Muitos líderes de comunicação e marketing ainda têm dificuldade em lidar com mídias sociais e acompanham tais iniciativas de longe, pois o "core" de suas atividades ainda são a propaganda tradicional, o press relations etc.

4. A maioria dos profissionais de marketing das empresas não frequenta ou participa de blogs e redes sociais. Eles deveriam liderar esse movimento nas empresas, mas não o fazem. São observadores e não protagonistas.

5. Na maioria das empresas, os projetos de mídias sociais estão com estagiários e/ou com profissionais muito jovens, com baixo poder de decisão, e que muitas vezes trabalham distante das outras atividades "core" de marketing e comunicação.

Enfim, essas são visões gerais. Por outro lado, já existem muitas empresas inovando e empreendendo em mídias sociais. Estamos numa curva de aprendizado, onde todos somos alunos e professores uns dos outros nessa estrada. A conversa acima parece ser utópica, mas tenha consciência de que algo parecido deve rolar em muitos escritórios por aí.

Digite seu email

Um serviço do FeedBurner

5 comentários:

neigrando disse...

Muito bom! Parabéns, gostei! Contar estórias é uma ótima maneira de passar uma boa mensagem. E agora eu também já sei o que é um bilogue, risos. :)

Já divulguei o post na minha conta Twitter.

Convido a você e aos leitores a visitarem estes artigos: Planejamento Estratégico, Métricas, Ferramentas e ROI em Mídia Social - http://bit.ly/k30uef

Att. @neigrando

facó disse...

no meu cliente era 100%. Avançamos alguns passos. Amanha seu texto - emblemático - vai estar nas telas dos três socios e lideranças.
Abraços verde$ . Facó

Felipe Guedes Pinheiro disse...

Muito legal este post Mauro! Adoro esse formato, nos prende até o fim.

Realmente mídias sociais ainda estão longe de ser vistas como importantes em algumas empresas. Na minha área, de Alimentos e Bebidas, parece que as indústrias de médio e pequeno porte estão totalmente distantes dessas formas "não tradicionais" de comunicação.

Sou um grande fã de blogs, acho que além do trabalho relativo a marca, o engajamento dos líderes os aproximariam de forma efetiva dessa nova geração que aos poucos vêm buscando seu espaço no mercado.

Leonardo Spinardi disse...

Grande Mauro, sua experiência no mundo corporativo lhe permite criar parábolas muito próximas do real. Vai pensando em compilar tudo prum livro, heim?

Sobre o cenário relatado, me lembrei do que citou Clara Shih no livro "The Facebook Era", comparando o momento atual com os primórdios da internet, quando algumas empresas investiam pesado para implementar tecnologias, mas ainda sem uma estratégia clara, enquanto outras desacreditavam a web, mas que foram sendo convencidas, aos poucos, pelas exigências do mercado.

abnraço e vida longa ao blog!
@leospinardi

Mauro Segura disse...

Leo. Obrigado. Receber elogios é sempre agradável e, especialmente, muito motivador. Eu não estou escrevendo um livro de histórias, mas tenho que confessar que estou num projeto de livro sobre as transformações nas empresas nessa era digital, com especial foco nas áreas de marketing e comunicação. Esse é o motivo que justifica a redução na minha colaboração para o blog. Não consigo fazer tudo ao mesmo tempo. Enfim, obrigado por colaborar com o blog. Abraços. Mauro.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...