domingo, 20 de fevereiro de 2011

Você daria emprego para estes caras?

O penúltimo post chamado "Geração Y: a mais formidável da história da sociedade humana" deu o que falar. Eu recebi alguns "feedbacks" dizendo que não concordavam com minha opinião, que a geração Y não "essa coca-cola toda", etc. Eu entendo a reação, afinal eu escrevi o post para provocar mesmo. Mas insisto no ponto de que nós, baby-boomers, em geral, somos preconceituosos e reativos quando falamos da geração Y. Aliás, é comum a geração anterior sentar o pau na geração seguinte.

Quer um exemplo?

Veja a foto abaixo. Olhem as figuras.
Me diga se você daria emprego para algum deles. Me diga se você investiria na startup company formada por essas figuras.




Você sabe quem são eles?

Veja quem está no canto inferior, lado esquerdo.
É Bill Gates com 23 anos. O sócio Paul Allen está no canto inferior direito.
O quadro mostra os primeiros nove funcionários da Microsoft em 1978.
O IPO da empresa só ocorreu em 1986.

Meu filho, que é da geração Y, sempre fala o seguinte:
"Aposto que em 78, se você oferecesse uma garagem e uns sanduíches, de vez em quando, pra essa galera trabalhar, eles botavam você como sócio com 10% e hoje você seria multibilionário".

E aí? Vai um sanduíche?

Digite seu email

Um serviço do FeedBurner

3 comentários:

Operário Rodrigo disse...

Imaginem um casal onde os dois falam mais que a boca, são super mega ativos e zoam todo mundo. QUEM aguenta?

Ainda temos muito o que aprender com estes caras (e vice-versa)! A geração X e Y se complementam. Uma chega cheia de energia e totalmente conectada, a outra mais sábia, calma e organizada. Assim como um pai aprende com um filho, ou o chefe aprende com o estagiário, as gerações X e Y aprendem consigo.

R2 + Quadrado disse...

Como sempre, excelente post. Sou fã do blog.

Abraços.

Mozart Gomes disse...

Você tem razão, a geração Y está apenas começando, uma revoluação que terá maior impacto que a dos anos 60.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...