sexta-feira, 8 de maio de 2009

Quando a Mídia Social toca o Coração

Veja essa foto...


É Rodrigo Barbosa na Tanzânia.

Rodrigo está num programa da IBM chamado Corporate Service Corps (CSC). O nome é feio, mas o programa é lindo.

CSC é um programa de voluntariado mundial para funcionários da IBM, que visitam e trabalham em atividades de voluntariado em países em desenvolvimento, como por exemplo: Gana, África do Sul, Tanzânia, Romênia, China, Índia, Filipinas, Vietnã e o próprio Brasil. São formadas equipes de diversos países para realizarem trabalho voluntário em organizações não governamentais, durante aproximadamente 1 mês. Os voluntários sempre trabalham em países diferentes da sua origem, ou seja, os brasileiros trabalham fora do Brasil.

Por que a IBM faz isso? Porque as três partes ganham. A empresa ganha porque desenvolve funcionários em habilidades globais. O funcionário ganha uma oportunidade de aperfeiçoamento e desenvolvimento inesquecível. A ONG ganha as melhores habilidades de diversos funcionários na solução de seus problemas. Enfim, toda a sociedade ganha.

Todo o programa é pago pela IBM. Hoje temos centenas de voluntários por aí espalhados no mundo, tentando ajudar a fazer desse planeta um lugar melhor para se viver. Veja alguns vídeos legais AQUI.

Apresentado o contexto, é hora de falarmos do Rodrigo.

Rodrigo Barbosa foi um dos brasileiros escolhidos. Alguns brasileiros já foram e retornaram de programas realizados em vários países, como é o caso de Rodrigo que acabou de retornar, outros estão no meio do programa e outras dezenas de voluntários irão nos próximos meses.

Rodrigo foi designado para trabalhar na Tanzânia, que fica na África. Ele saiu do Brasil no dia 12 de Março e seu retorno estava previsto para meados de Abril, mas ele acabou ficando um pouco mais por conta própria. Ele trabalhou numa instituição chamada África Wildlife Foundation.

Rodrigo saiu daqui encantado. Ficou muito feliz com o país escolhido. Ele não conhecia nada sobre o país, mas basta navegar em seu blog para descobrir o quanto ele gostou da experiência. Tanzânia era um país que Rodrigo nunca havia imaginado visitar um dia.

Não deixem de visitar o blog dele e o fotolog. É uma viagem... emocionante.

Blog ==> http://rodrigo.freitas.barbosa.zip.net/
Fotolog ==> http://rodrigo.freitas.barbosa.nafoto.net/

A emoção de acompanhar tudo online, compartilhar fotografias e sentir-se integrante dessa jornada do Rodrigo só foi possível por conta das ferramentas sociais virtuais. Dar oportunidade para todos os funcionários da IBM acompanharem essa aventura foi resultado da política da empresa, que dá liberdade completa para os funcionários acessarem, criarem e usarem blogs, wikis e outras ferramentas. Ter centenas de pessoas viajando virtualmente junto com Rodrigo é uma experiência fascinante, que gera orgulho e satisfação, e que permite acreditarmos que, juntos, podemos fazer um mundo melhor do que este que vivemos hoje.

Em outras empresas, talvez, tudo isso se transformasse numa matéria escrita por alguém de comunicações, com duas ou três fotos, publicada um mês depois da viagem. Ou seja, uma experiência riquíssima se transformaria em 3 parágrafos e 3 fotos.

Enfim, a liberdade das mídias sociais nas empresas também gera esse tipo de resultado, difícil de pôr em métricas (para aqueles que só pensam naquilo) mas fácil de constatar a grandeza e o impacto no coração de cada um de nós.

Digite seu email

Um serviço do FeedBurner

9 comentários:

Ocappuccino disse...

"Por que a IBM faz isso? Porque as três partes ganham."

Isso é o que Porter chama de Responsabilidade Social Estratégica, aonde ganha a empresa (agregando valores universais ao profissional) e também a comunidade/sociedade atendida com um excelente serviço de capacitação.

Muito legal, parabéns.

Abraços,
Mateus d'Ocappuccino

Camila Della Negra disse...

Mauro, muito legal esse post. Realmente, poder acompanhar a jornada de cada um deles, contada pelos próprios, dá um sabor todo especial a algo que já é super interessante!

Rodrigo Barbosa disse...

Mauro, nossa !!! Seu post me deixou tão feliz... mas tão feliz.. que nem sei !!! Acho que foi mas legal mesmo que qualquer matéria que possa vir a sair em qualquer meio de comunicação.

Tô na dívida. Ainda falta contar algumas coisas... Vou atualizar ainda hoje.. mais sobre Zanzibar..mais sobre o time da IBM...mais sobre a África... mais sobre o tribunal de guerra da ONU que julga o genocídio de Ruanda... Enfim ! Tem muita estória para contar...

MUITO OBRIGADO ! VALEU !

ruth harada disse...

Muito legal a perspectiva de olhar as ações sociais de empresas sob varios prismas, em uma relação onde todos saem ganhando. Desenvolvendo a sociedade, as pessoas e as empresas.

Anônimo disse...

Mauro, adorei a matéria sobre o Rodrigo. Ele fez um trabalho brilhante e estamos orgulhosos de tudo isso. Obrigada por compartilhar as informações! Beijos Gabriela Palumbo

Mariana Toledo disse...

É muito bom saber que existem empresas que se preocupam e investem nestes tipos de ações. Para funcionários é motivo de orgulho e uma oportunidade única, que muitos gostariam de ter. Parabéns a IBM pelo projeto e por dar a liberdade de contarem na íntegra sobre isso. Uma matéria que vai pro site ou para o boletim informativo empresarial não é o suficiente para mostrar a grandeza deste trabalho.
Abraços.

Giulia De Marchi disse...

As histórias são sempre emocionantes e muito enriquecedoras.

Mas... e o tanto que nós, comunicadores, ganhamos ao divulgar essas experiências? Tudo sem perceber...

É realmente incrível o que um pouco de boa vontade pode gerar no mundo... :)

Anônimo disse...

Adorei navegar no a quinta onda!!!
Muito boa a iniciativa de divulgar esse projeto da IBM,e aumentou mais ainda o orgulho de ser irmã desse rapaz chamado Rodrigo.

Mauro, parabéns.

Abraços,
Rosangela Barbosa

Anônimo disse...

Linda a experiência do Rodrigo mesmo! Adorei o post! bjos, Flávia Apocalypse

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...