domingo, 31 de agosto de 2008

O Lançamento do Macintosh em 1984

O lançamento do Macintosh da Apple ocorreu através de um filme que é considerado um marco na história da publicidade. Ele foi veiculado durante o Superbowl XVIII, exatamente no dia 22 de janeiro de 1984. Muitos comentam que essa pode ser considerada a data em que a Apple se lançou de verdade na briga com a IBM pela dominação do mercado de PCs. Só para ter uma idéia, cada comercial de 60 segundos veiculado no Superbowl custa mais de 800 mil dólares para cada anunciante, ou seja, uma pequena fortuna.

Vale a pena também lembrar que a IBM, em 1981, veiculou uma propaganda, também genial, que mostrava uma caricatura de Charlie Chaplin usando um PC, tentando passar o conceito que qualquer um poderia usar aquela máquina. O objetivo era simples: tirar a percepção de que o computador era algo complexo e voltado para empresas e colocá-lo na frente das pessoas comuns. A propagando fez grande sucesso e os negócios da IBM cresceram muito.
Voltando para 1984. Muita gente não sabe, mas o comercial do Apple’s Macintosh foi dirigido por... Ridley Scott. É isso mesmo, o mesmo Ridley Scott de Blade Runner, Gladiadores e Alien. Aliás, ao ver o filme publicitário, ficamos sim com a sensação de que aquilo é coisa de Ridley Scott.

O filme é entitulado ''1984'' e foi inspirado num romance-ficção chamada 1984 de George Orwell, escrito inglês. O escritor escreveu essa história em 1949, que fala sobre a vida num regime totalitário num futuro distante... ano de 1984.

Voltando para a propaganda…
Foram mais de 300 extras, com faces emblemáticas e vestindo roupas cinzas... e uma espécie de Big Brother ditando as regras. O custo de produção na época foi 400 mil dólares e o anúncio foi veiculado poucas vezes pois a Apple não tinha muito dinheiro para pagar veiculação. Mesmo assim, a Apple decidiu veicular o anúncio em horário nobre e em mercados prioritários.

Eu não preciso comentar mais nada, o filme da Apple de 1984 é uma jóia, e a mensagem passada fica explicíta no final... quem é o mocinho e quem é o vilão.

video

Para fechar o post, vale muuuito a pena ver o filme abaixo que mostra Steve Jobs lançando o filme da Apple. Ele ainda é muito jovem e usa um tom um pouco arrogante, até sarcástico, para anunciar os novos tempos da Apple. É um momento histórico e muito interessante, principalmente porque ele cita nomes de empresas que desapareceram, outras que encolheram e uma outra que continua gigante e destacada no mundo da tecnologia. Enfim, essa é prá curtir.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...